terça-feira, novembro 20, 2007

Escola do Espectador Arrancou

Estou chocado! Deveras chocado!!!
Li na Newletter nº 0 de Novembro de 2007 e passo a citar

«Com o seminário "Ler e Ver um Espectáculo (O Teatro Por Dentro e Por Fora)" arrancou um velho sonho do nosso director artístico [Castrol Guedes]: A criação de uma Escola do Espectador. Com 17 alunos, a Escola do Espectador pretende criar uma massa crítica de público, uma vanguarda dos nossos espectadores.»

Estou chocado!
Este homem que se denomina director artístico está a chamar BURROS aos espectadores? Considero isto uma afronta!
Criar uma escola do espectador para aprender a ver espectaculos? ou para que os espectadores gostem dos Espectáculos do Teatro do Noroeste????

E se este senhor, encenador por sinal, tivesse a inteligencia de criar espectaculos bons, simplesmente????? Com elencos capazes, com talento, com profissionalismo???

Vejo aqui uma atitude desesperada de quem vê a casa cada vez mais vazia, e que já esgotou a sua capacidade artística!

Ensinar o PUBLICO a ver um espectáculo, vai com a prática da oferta de qualidade.
Vamos agora ensinar o público a ver uma escultura, uma pintura, a ouvir uma música?????

SEJAM ARTISTAS! NÃO SEJAM BURLÕES!
Caramba! Como artista, estas coisas irritam-me pra carago!!

4 comentários:

FimArte disse...

Estou maravilhada,espantada com tanta expressividade.És um fenómeno raro.Sabes gosto muito de falar contigo.Ainda por cima sendo tao expressiva.Tambem nem encontro mais argumentos.Estou sem palavras.Mas bendito o dia que vim aqui comentar.Adoro os teus textos,quer dizer isto devia de ter outro nome,mas...Es uma dádiva.beijo

Daniela disse...

A mim irritam-me é como espectadora!!! E também como alguém que sabe alguma coisa sobre o que se passa atrás do pano. Esse senhor deve ter perdido o cérebro.

Anónimo disse...

Estou triste por só ter visto seu post hoje e espero sinceramente que chegue a ler meu comentário.
A Escola de Espectador não tem como finalidade ensinar o público a ver teatro... E a platéia nao está cada vez mais vazia por causa da qualidade.. Se você tivesse ao menos lido McLuhan, Morin, Aristoteles, ou qualquer outro teórico da Comunicação entenderia que as pessoas não vão ao teatro por nao estarem habituadas, por ficarem em casa assistindo televisão alienadas. O intuito da Escola é habituar as crianças desde cedo a irem às salas de teatro, um espaço de reflexão e manifestação cultural, para se tornarem uma platéia inteligente e crítica no futuro. Francamente...

Nuno J. Loureiro disse...

Antes de mais quero agradecer ao "Anonimo" o carácter franco do seu comentário. No entanto não aceito a arrogância quando diz "se tivessse lido". Quem lhe garante que não li?

Precisamente por considerar o teatro uma arte de massas, o fenómeno da comunicação teatral reside no artista DURANTE o espectáculo. Porque não criamos então a escola do adepto de futebol? Não me venha com hipocrisias nem cinismos! A escola do espectador só serve para TOLDAR E MOLDAR o espirito critico dessas crianças! Porque sabemos que o Teatro tem uma FLORESTA de leituras, de linhas estéticas, de abordagens. A Escola do Espectador só irá dar UMA LINHA de leitura que é imposta por variantes (a primeira - a ideologia artistica de quem dirige a dita escola)

Não me venha com lições de falsa moral. Aliás: Elistismos é o que mata o Teatro.

E como não sou teórico, nem "supostamente" leio teóricos, como FAZEDOR DE TEATRO, para mim a responsabilidade em levar as pessoas ao teatro reside na QUALIDADE e pertinência ARTISTICA do que se faz.

Francamente digo eu... ideologias teóricas e burguesas e neo-fascistas sao precisamente o que afasta os públicos do teatro...