quinta-feira, janeiro 31, 2008

Das mudanças no Ministério...

(Artigos retirados do site Portugal Diário)

Isabel Pires de Lima esteve 34 meses no Governo. Retrospectiva

Durante os 34 meses que passou no Governo, a ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, enfrentou poucas mas intensas polémicas.

Da conturbada exoneração da Directora do Museu Nacional de Arte Antiga, Dalila Rodrigues, que até deixou o Presidente da República surpreendido, à guerra aberta com o autarca do Porto, Rui Rio, por causa do túnel de Ceuta, passando pela demissão do director do Teatro Nacional de São Carlos (Paolo Pinamonti) e do presidente da administração do Teatro Nacional D. Maria II, António Lagarto.

A polémica sobre a colecção Berardo que marcou o primeiro ano de mandato da ministra terminou com a assinatura de um protocolo entre o Governo e o comendador Joe Berardo

A ausência da comemoração oficial dos 100 anos do nascimento do escritor Miguel Torga, a 12 de Agosto do ano passado, caiu muito mal nos meios culturais e políticos, até com críticas do interior do PS.

Em comunicado o Governo, informa que Isabel Pires de Lima saiu a seu pedido. Resta saber se a escritora pretende regressar à Faculdade de Letras do Porto onde ocupava o cargo de professora catedrática, especializada em Literatura Portuguesa.

O jurista José António Pinto Ribeiro assume a pasta da Cultura.

O novo ministro da Cultura do Executivo de José Sócrates é o advogado Pinto Ribeiro, antigo programador-geral da Fundação Calouste Gulbenkian e fundador do Fórum Justiça e Liberdade, associação destinada ao estudo, promoção e defesa dos direitos cívicos em Portugal. O advogado esteve ainda ligado ao Instituto Camões, entre 2004 e 2006, e é administrador da Fundação Berardo.

Pinto Ribeiro, natural de Moçambique, cursou Direito em Coimbra e é ainda o representante legal dos Gato Fedorento e de Sá Fernandes.

Questionado sobre ter aceite o convite do primeiro-ministro para a pasta da Cultura, António Pinto Ribeiro preferiu não tecer comentários neste momento.

Grande amigo de Mário Soares, Pinto Ribeiro esteve sempre ligado ao PS, mas à margem da política activa, apostando na advocacia no escritório J.A. Pinto Ribeiro & Associados, em Lisboa.

O causídico divide a sua vida entre Lisboa e Londres, onde a sua namorada, a jornalista Anabela Mota Ribeiro, trabalha como free-lancer. Os dois conheceram-se quando Mota Ribeiro escrevia para o suplemento DNA, do Diário de Notícias, altura em que fazia entrevistas de grande fôlego a diversas personalidades. Uma delas foi Pinto Ribeiro.

Segundo o curriculum vitae distribuído pelo gabinete do primeiro-ministro, Pinto Ribeiro elaborou vários projectos de diplomas legais para o Governo da República e para os governos dos Açores, da Madeira e de Macau sobre empresas públicas bancárias, sociedades comerciais e legislação respeitante ao chamado «Plano Mateus». Actualmente exercia funções de Administrador da PT Multimédia e da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea-Colecção Berardo.

Deu aulas no Instituto Superior de Economia, na Faculdade de Direito de Lisboa e mais tarde na Universidade Autónoma de Lisboa, sempre na área do Direito Comercial. Leccionou ainda no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa e na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa. Como advogado, Pinto Ribeiro tem estado ligado à área da banca.

Para além do português, o novo ministro fala alemão, inglês, francês, espanhol e italiano e é Grande Cavaleiro da Ordem da Liberdade.

(artigo retirado do Público Online)

Declarações após tomada de posse

Novo ministro da Cultura quer fazer "mais e melhor, com menos meios"

O novo ministro da Cultura, José Pinto Ribeiro, afirmou hoje ser seu objectivo "fazer mais e melhor, com menos meios" na área da cultura.
Falando à saída da sua posse, no Palácio de Belém, Pinto Ribeiro disse esperar atingir esses objectivos com a mobilização de todos os agentes culturais e de todas as pessoas em geral.
O novo ministro da Cultura recusou-se a fazer qualquer avaliação ao desempenho do seu Ministério porque "ainda não estudou os dossiers".
Sobre Isabel Pires de Lima, o ministro disse apenas ter uma boa relação pessoal com a ex-titular da pasta da Cultura.

Ora bem... O advogado dos Gato Fedorento quer fazer mais e melhor... com menos meios???? Ainda mal utilizamos equipamentos que foram construídos e não possuem gestores culturais, programadores, as autarquias não têm verba para a cultura... e vamos fazer mais e melhor com menos meios????

Estaria curioso para ver onde é que isto vai parar... mas tenho medo... muito medo...

Será que teremos uma nova versão do Sasportes? Será que os "menos meios" significa, menos meios do que os poucos que temos? Realmente... Nem sei bem o que diga..!

3 comentários:

Anónimo disse...

«O causídico divide a sua vida entre Lisboa e Londres, onde a sua namorada, a jornalista Anabela Mota Ribeiro, trabalha como free-lancer. Os dois conheceram-se quando Mota Ribeiro escrevia para o suplemento DNA, do Diário de Notícias, altura em que fazia entrevistas de grande fôlego a diversas personalidades. Uma delas foi Pinto Ribeiro».

???

Quer dizer que a «senhora» culta já anda a alapar-se? Talvez até consiga uma licenciatura administrativa, já que não teve miolos nem dotes físicos que lha valessem...

vacamalhada disse...

Ou muito me engano, ou mudaram só as moscas...

Concurso BiblioFilmes disse...

Olá e parabéns pelo seu blogue.

Agradecíamos que pudesse divulgar junto dos seus visitantes o Concurso de vídeos no YouTube "Biblio Filmes: Livros, Bibliotecas, Acção!".

O QUÊ?
O concurso BiblioFilmes pretende lançar um desafio à Comunidade da Língua Portuguesa a fazer um "filme" (em vídeo ou telemóvel) a contar a sua história e provar o quanto gostam de ler, da sua biblioteca e/ou livros.

PARA QUEM?
Professores, Alunos, Funcionários de Bibliotecas, ... - na verdade, qualquer pessoa que goste da sua Biblioteca (Pública, Escolar, privada).

Todos estão convidados a fazer um vídeo sobre a sua biblioteca preferida e/ou livro!

QUANDO?
Realização e envio dos filmes- até 2 de Abril de 2008 (Dia Internacional do Livro Infantil) Período de votações- até 23 de Abril (Dia Mundial do Livro), em que serão anunciados os vencedores.

PARA SABER MAIS?
Visitem o nosso blogue http://bibliofilmes.blogspot.com ou o sítio oficial em http://BiblioFilmes.com